A vida de uma curgete

A curgete é muito interessante, cozinhada de várias formas, é muito consumida, hoje em dia.

Lá para fevereiro ou março, semeie em vaso ou tabuleiro, ou, se preferir, aguarde por abril e deite umas sementes à terra.

??????????

Deve usar várias sementes e, quando germinarem, retirar as plantas que estão a mais. Reserve, pelo menos, 1 metro quadrado por cada pé. Pela foto se pode ver que não segui esse conselho e, mais tarde, fui obrigada a retirar algumas para dar espaço às restantes.

Crescem muito rápido. Não dispensam água em abundância.

??????????

??????????

??????????

??????????

Ao contrário das abóboras, a curgete não se espalha pelo terreno. As folhas vão crescendo, formando um grande ramo. As flores são amarelas, quase laranja, muito vivas.

??????????

Os frutos, começam a nascer a partir de algumas flores. Nem todas as flores dão fruto, mas, quando uma flor nasce, já traz consigo uma curgete ou não.

??????????

??????????A curgete nasce a partir do pé e cresce para o céu. Mas algumas ficam presas na ramagem e é necessário estar atento, para que não fiquem muito tortas ou impeçam outras de nascer. O espaço é apertado!

?????????? Depois só é necessário imaginação para as cozinhar.

??????????Deixo aqui uma sugestão. Corte a curgete às rodelas e leve ao forno com um pouco de sal e um fio de azeite. Simples e delicioso.

Sobre lubaia

I'm an Agile player and a Gardener
Esta entrada foi publicada em Hortículas com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s