O outono bate-nos à porta

Inevitavelmente, ano após ano, o verão vai-se e dá lugar ao outono. Apesar do verão ter sido muito frio e húmido,o outono vem na mesma na altura do costume, na que tem que vir.

botas

Nesta fase cruzam-se as coisas todas na horta, uns a vir e outros a ir.

As curgetes teimam em resistir e dão fruto até ao último dia. Cruzam-se com os diospiros que já caem da árvore, de tão maduros.

curgetes

Os pimentos continuam como se nada se passasse. Frutos e mais frutos e continuam a florir. Cruzam-se com os novos canteiros que se preparam para as sementeiras de inverno.

pimentoss

Na estufa, ignorando o que se passa lá fora, crescem quatro tomateiros cherry, que já florescem. Veremos qual o sabor que daqui resulta. As cores serão surpresa, já que foram semeados negros, rosa, amarelos, brancos, verdes e laranjas e apenas quatro ficaram para a experiência.

tomates

 

Mas os trabalhos na horta não param. É necessário começar as sementeiras de inverno.

Neste espaço vão crescer 6 hortas. Para já uma pequena horta está pronta para ser ocupada. Uma pequena horta, com quatro canteiros, que aguardam pelas favas, alhos e cebola. As couves  e as alfaces também lá estarão.  Ainda haverá espaço para os rabanetes, o alho francês e algumas beterrabas. E não poderemos esquecer das ervilhas!

Caberá tudo nesta horta?

canteiros

 

Sobre lubaia

I'm an Agile player and a Gardener
Esta entrada foi publicada em Hortículas, Terreno com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s